.

RELATOS DE MÃES DE HEMOFÍLICOS














Meu filho não é perfeito, vez ou outra reclama da hemofilia, chora, se lamenta, mas acho que é da hemofilia (afinal o meninada dengosa, (rsrsr)...sempre deixei ele tentar, experimentar, até mesmo pra ele saber de suas limitações, e até onde ele podia ir.
Ah, hemofilia não é doença, deixem seus filhos serem crianças...hoje em dia temos fator, e está bem mais fácil tratar de um hemofilico do que há 15 anos atrás. (Jaqueline Lins - mãe de um hemofílico de 15 anos) 

Clique E Veja Mais Histórias de
Mães Com H



BASE .
.

TREINANDO - FISIOTERAPIA E EXERCICIOS
Por Maxi Anarelli


Terminando mais um dia. Férias acabando. Pra quem tem fé não tem dificuldade que fique em pé já passei por quase tudo nessa vida, como diz a música do Zeca pra gordinho.

Exercícios e atividades físicas na hemofilia só fazem bem.
Já faz muito, muito tempo desde a última tempestade hemofilica. Avarias ficaram das muitas lutas com dona hemofilia. Aproveitei as férias pra reforçar, fortalecer e recuperar músculos e articulações. Sinto me, como no desenho do Dragon Bals, tendo treinado na gravidade zero.

.

VIAJANDO NOVOS HORIZONTES
Por Maxi Anarelli



Desde que me entendo por gente me trato em BH. Férias, aproveitei que tinha de fazer exames, pra passear... Belo Horizonte. Praça sete.
Fiquei em um hotel antigo, cheio de história, fui no tradicional café nice, aquele da música, desde 1939. Andei como a muito tempo não andava. Exercícios e fisioterapia estão dando resultado. Sempre aproveito que vou me tratar na capital pra passear.... dessa vez foi mais especial...

.

AMIGOS, DO TAMANHO DO MUNDO
Por Maxi Anarelli

Amo esse episodio do Chaves, Boa noite vizinhança, passa o sentimento de amizade deles, apesar das diferenças. Como nós da Hemofamilia. Temos a hemofilia em comum, mas também muitas diferenças. Mas somos acima de tudo, família.


Com o blog pude conhecer pessoas com hemofilia como eu e familiares destes, ajudamos muito, fizemos nossa parte. Hoje tenho uma família do tamanho do mundo e muitos amigos. Virtuais? Não, reais, pois do outro lado da tela tem gente de coração.


.

FATOR E VIDA NORMAL...
Por Maxi Anarelli

Naira Silveira e seu filho João Vitor, fazendo aplicação domiciliar de fator, antes dele ir pra escola.



Palavras da Naira, "Meu maior ensinamento para o meu filho é fazer de uma nuvem escura, uma chuva de alegria !!! Eu to toda escabelada e com a voz rouca mas tá valendo !"




.

MAIS QUE A HEMOFILIA

Algumas histórias de vidas com a hemofilia, minha e de amigos guerreiros de sangue.

.

VIVENDO, DIAS MELHORES
Por Maxi Anarelli

Tava quietinho no quentinho, começo a escorregar. Tava nascendo... em vez de banda de música, tapa na bunda. Mijei na cara do médico.


Tive muitas noites que dona hemofilia me acordava com tempestades hemofílicas na madrugada. Hoje pode até acontecer, mas levanto, vou na geladeira, pego fator e ainda faço um lanche da meia noite e volto a dormir.


Apesar das turbulências, infância feliz, estudei e me formei Gestor de RH, Técnico em Meio Ambiente e Segurança do Trabalho.


A hemofilia não impede um viver de bem com a vida, trabalho, me divirto, tenho mania de escritor e vou vivendo....


.